29 de fev de 2016

EMBRIO: confirmado em um dos maiores festivais do Sul do país!




E o EMBRIO inicia 2016 com tudo! Tendo sua confirmação em um dos maiores festivais de Heavy Metal do Sul do país, o “Otacílio Rock Festival” que completa 10 anos neste ano, em uma edição mais do que especial.

Para o EMBRIO é mais que um show, mas sim a afirmação de um ótimo momento, já que o grupo completou uma década de vida em 2015, e vem de uma ótima sequência de shows, tendo tocado ao lado do Sepultura e Havok em apresentações insanas e memoráveis. E agora brinda o novo momento apresentando sua nova formação, e claro, soando ainda mais intenso e brutal.

O “Otacílio Rock Festival” acontece nos dias 12 e 13 de março (edição Open Air), sendo que o EMBRIO tocará no dia 12/03 onde dividirá o palco com grandes nomes do Metal nacional como MX e Nervochaos.

Para maiores informações acesse o link a seguir:


Aproveite e faça o download do mais recente lançamento do EMBRIO “Déjà Vu” agora mesmo:



Links Relacionados:

Twitter: @embriothrash


COLDBLOOD: confira título e capa do novo álbum




Falta pouco para que o novo disco de um dos mais tradicionais nomes do Death Metal sul-americano saia do forno e é hora do COLDBLOOD apresentar a capa e o título do novo álbum.

Este, que será o terceiro álbum oficial de sua discografia, recebe o título de ‘Indescribable Physiognomy of the Devil’ e teve a capa feita pelo artista brasileiro internacionalmente reconhecido Rafael Tavares (Azaghal, Blood Red Throne, Ocultan, NervoChaos, Ophiolatry).


O vocalista Diego Mercadante comenta que o artista realmente conseguiu imprimir a visão da banda na arte da capa. "Entregamos um conceito ao Rafael Tavares e tínhamos a certeza que ele nos surpreenderia, ele é um excelente artista e tem um traço único. O processo foi diferente de nossa última produção na qual tínhamos total controle técnico sobre o que seria feito. Não buscamos a capa ideal, deixamos que naturalmente ela chegasse até nós e estamos muito satisfeitos."

O talentoso artista também comenta como foi trabalhar com o grupo: "Foi um grande prazer ter trabalhado na produção para a capa do Coldblood que é uma banda que tenho muito respeito. Eles me deram o título do release e algum direcionamento mas pude criar bastante em cima disso, e fiquei bastante feliz com o resultado!"

‘Indescribable Physiognomy of the Devil’ foi mixado e masterizado no Underworld Studio na Alemanha, por Mersus, que além de produtor é baterista da banda Destroyer 666.

Lançamento está previsto para abril no Brasil via: Distro Rock, Mutilation e Feed Bizarre. O álbum terá dez faixas e mais três bônus. O tracklist será apresentado em breve.


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

APOKATHILOSIS: entenda mais do conceito do novo álbum





Além de sua música fria e ríspida, um dos principais pontos do novo álbum, ‘Where Angels Fear To Tread’, da banda de Black Metal radicada na Irlanda APOKATHILOSIS é sua seção lírica.

Buscando resgatar especialmente a proposta do Black Metal dos anos 90 e se aprofundar no assunto, somando sua visão pessoal, o grupo trouxe para um disco letras densas, questionadoras e repletas de paradigmas filosóficos. O APOKATHILOSIS explica melhor:

“O conceito do álbum veio da percepção que a vida neste planeta é uma prisão, onde humanos são acorrentados a sistemas de crenças tóxicas, que por sua vez criam e perpetuam uma realidade de dor e desordem. Realidade criada e perpetuada através de crenças subconscientes. Humanos que doam seu poder à autoridade de outros (pessoas, espíritos ou seres mitológicos) ao invés de experimentarem a existência sob um prisma de auto-soberania e poder individual. Meu interesse é duplo: explorar as origens do Self consciente e encorajar outros a fazer o mesmo.

Exploramos a ideia da imortalidade incondicional aliada à realidade transitória da vida na carne – uma personalidade (ego, mente, corpo) encarnada é apenas uma pequena e transitória parte do que ela realmente É. O intuito do Apokathilosis é desvendar a verdadeira natureza do Ser, livre de mestres ou hierarquias espirituais.”


‘Where Angels Fear To Tread’ foi lançado no final do ano passado de forma independente e está disponível para audição e compra no Bandcamp oficial do duo:


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

VETOR: preparando videoclipe




Os santistas do VETOR não param! Colhendo os ótimos frutos do lançamento de ‘Chaos Before The End’ o grupo agora prepara um videoclipe.

Envolto em mistério, a música escolhida para o trabalho ainda não foi anunciada. Já as gravações do videoclipe estão sendo feitas em lugares diferentes, sendo parte gravado na sede do tradicional Moto Grupo Dragões do Litoral em Praia Grande e também em um velho hotel incendiado no Centro Velho de Santos.

(Crédito: Bruna Quevedo)
As gravações estão sendo feitas pelo Produtor Rodiney da Just Design Estúdio Multimidia, responsável por trabalhos diversos, inclusive o vindouro documentário sobre a veterana banda Vulcano. O trabalho é dirigido por Rodiney Just Design e Vetor e a previsão de lançamento é até o final de Março. Mais informações serão apresentadas em breve!

‘Chaos Before The End’ disco tem sido extremamente elogiado, a mistura de Thrash, Metal Tradicional e muita criatividade cativou não apenas os fãs do estilo, mas também a mídia especializada, onde vários sites declararam que o álbum foi um dos principais lançamentos de 2015.


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

WOSLOM: ouça o novo som da banda, primeiro retirado de ‘A Near Life Experience’





Agora chega de conversa. Depois de uma viagem por toda a produção de ‘A Near Life Experience’, todos os fãs do WOSLOM e do Thrash Metal de primeira executado pelo grupo anseiam em escutar- pelo menos um pouco – do que vem por aí.

A primeira pedrada liberada pelo quarteto leva o título de ‘Underoworld Of Aggression’. “Essa música sintetiza bem o novo álbum, mais direto, rápido e ainda sim técnico” comenta o guitarrista Rafael Iak.


Apesar dos riffs afiados, cozinha pesadíssima e os vocais característicos, o WOSLOM sempre prezou pela mensagem passada em suas letras, e com o novo álbum não será diferente. O baterista Fernando Oster explica um pouco sobre a letra de ‘Underworld Of Aggression’:

“A temática da letra fala desse submundo que vivemos, agressivo, sem piedade, uns querendo passar por cima dos outros a qualquer custo”.



‘A Near Life Experience’ conta com oito músicas inéditas e o cover da música ‘Thrasher’s Return’ da banda Bywar. O disco foi gravado no estúdio Acustica com a supervisão e mixagem de Danilo Pozzani, a masterização ficou por conta da renomada empresa brasileira Absolute Master. Já a capa ficou nas mãos do artista guatemalteco Mario Lopez.

O lançamento mundial será feito pela italiana Punishment 18 Records e no Brasil pela Shinigami Records.


Sites Relacionados:

Fonte: Metal Media

REBAELLIUN: ouça primeira música inédita em 15 anos





Enfim chegou a hora de conhecer como um dos maiores nomes do Death Metal nacional está soando quinze anos depois de seu último lançamento. O REBAELLIUN e sua gravadora europeia Hammerheart disponibilizaram uma música para audição.

A música tem o título de ‘Legion’ e é a segunda faixa do novo álbum, ‘The Hell’s Decrees’ que será lançado em maio pela Hammerheart na Europa. Confira:


‘The Hell’s Decrees’ foi gravado em São Paulo, produzido pelo próprio guitarrista Fabiano Penna, encarregado de captar o álbum e mixar todo o trabalho. A masterização ficou a cargo de Neto Grous do Absolute Master. A capa ficou por conta do artista Marcelo Vasco (Slayer e Machine Head).


O REBAELLIUN também já está agendando apresentações pelo país. Produtores interessados podem entrar em contato pelo email: rebaelliun.brazil@gmail.com. Confira as primeiras datas já confirmadas:

14.05 – Caveira Velha Rock Fest III – Jandira/SP
15.05 – Caveira Velha Rock Fest III – Jandira/SP
03.06 – Old & True Metal Fest – Caxias do Sul/RS
04.06 – Embaixada do Rock – São Leopoldo/RS


Sites Relacionado:


Fonte: Metal Media

EUTENIA: confira performance ao vivo em videoclipe “Últimas Palavras”




A banda de Metal EUTENIA registrou um videoclipe para a faixa “Últimas Palavras”, primeiro single em divulgação ao recém-lançado EP “Chymia II” (2016).

O vídeo foi gravado durante uma performance ao vivo no Estúdio Espaço Som, com produção e direção a cargo de Wesley Carlos (www.wesleycarlos.com.br).



Acompanhe EUTENIA no Facebook: www.facebook.com/eutenia

Assessoria de Imprensa: www.facebook.com/IslandPressBr


Fonte: Island Press

ACCEPT no Rio de Janeiro: primeiro lote de ingressos esgotados!




A Free Pass Entretenimento informa que os ingressos do 1º lote para a apresentação dos alemães do ACCEPT no Rio de Janeiro no dia 9 de Abril já esgotaram. Os ingressos do segundo lote estão a venda através do site da Ingresso. com http://www.ingresso.com/rio-de-janeiro/home/espetaculo/show/accept-blind-rage-tour-2016/imperator-centro-cultural-joao-nogueira-show e seus respectivos pontos de venda. 

Os shows fazem parte da turnê “Blind Rage Tour 2016”, e acontecerão em cinco capitais brasileiras: 
São Paulo – 8 de Abril – Carioca Club 
Rio de Janeiro – 9 de Abril – Imperator 
Belo Horizonte – 10 de Abril – Music Hall 
Manaus – 12 de Abril – Teatro Manauara 
Curitiba – 14 de Abril – Ópera de Arame 

Formada atualmente por Mark Tornilo (vocal), Wolf Hoffmann (guitarra), Uwe Lulis (guitarra), Peter Baltes (baixo) e Christopher Williams (bateria), o grupo alemão promete tocar seus maiores clássicos, além de algumas surpresas. 

Informações sobre valores, locais e setores em: 


DYNASTY: banda lança novo single em rádio americana hoje




Iniciando pra valer as comemorações de seu 20º aniversário, a banda DYNASTY irá lançar hoje o seu single 'Inside My Heart' as 21 horas (hora de Brasília) no programa de rádio americano 'Metal Pulse Radio' (link abaixo).

A música foi gravado no NewSong Studio (BH) e marca a estréia de Filipe Otávio em estúdio com a banda.

Metal Pulse Radio Show: http://www.untombed.com/

DYNASTY é :
Nahor Andrade (V)
César Martins (G/V)
Filipe Otávio (G/V)
Dennis Limones (B)
Tiago Vitek (D)



MAGISTER: confira as habilidades da nova dupla de guitarristas




A nova dupla de guitarristas da MAGISTER, André Evaristo e Lucas Leoni, registrou um vídeo demonstrando suas habilidades executado a música “Rain (Falling Tears)”, que integra o debut álbum “The Magister” (2000).


Em paralelo o grupo segue em processo de remasterização do disco de estreia e do inédito “The Art of Changes” para posterior lançamento no formato digital.

Acompanhe o MAGISTER no Facebook: www.facebook.com/magisterludimetal

Assessoria de Imprensa: www.facebook.com/IslandPressBr


Fonte: Island Press

CANILIVE: confira novo single “The Posthumous State of Mind”





O CANILIVE disponibilizou a música “The Posthumous State of Mind” para audição no SoundCloud. A faixa é o segundo em divulgação ao EP de estreia “Psychosomatic Schizophrenia”.

Para audição da música:


O disco foi gravado, mixado e masterizado no Pyro Z Studio, Rio de Janeiro-RJ, com produção a cargo de Philip Leander e Murilo Pirozzi. A impactante arte foi criada pelo conceituado artista gaúcho Marcus Lorenzet, da ArtSpell Artwork.

Acompanhe CANILIVE no Facebook: www.facebook.com/CaniliveOfficialPage

Assessoria de Imprensa: www.facebook.com/IslandPressBr


Fonte: Island Press

LEANDRO CAÇOILO: vocalista inaugura canal no YouTube com cover de Judas Priest





O vocalista Leandro Caçoilo (Seventh Seal, Hot Rocks, Hardshine, Age One, Soulspell, ex-Eterna) tem orgulho em inaugurar o seu canal oficial do YouTube. Leandro é conhecido por ter bastante técnica, aliado ao feeling necessário de um grande vocalista. Atualmente trabalha intensamente com as bandas Seventh Seal e Hot Rocks, além de dar aulas diariamente, por isso, decidiu criar o canal atendendo aos pedidos de seus alunos e fãs.

Veja Leandro Caçoilo cantando Judas Priest: 


“Decidi começar este canal no YouTube em 2016 pois era algo que meus alunos e fãs pediam sempre. É também uma forma de desmistificar a questão de vídeos relacionados ao canto vocal na internet. Eu falo exatamente os recursos que estou usando e gravo como se fosse ao vivo de verdade, na raça mesmo. Acho importante passar o recado correto”, disse o vocalista Leandro Caçoilo.

“Além de tudo isso, resolvi começar com um cover de Judas Priest, que é uma banda que me influenciou muito. Rob Halford é um dos vocalistas que mais gosto e é uma honra prestar essa homenagem. A música que escolhi para iniciar o canal se chama “Electric Eye” e ela é bem legal para mostrar várias técnicas. Espero que vocês curtam, pois estou fazendo com muito carinho e dedicação para todos os meus fãs”, finaliza Caçoilo.

As aulas do vocalista abordam técnicas como respiração, impostação, repertório, belting, apoio, aquecimento, resistência, drive e ressonância. Para ter aulas de canto com Leandro Caçoilo entre em contato por e-mail ou pelo site oficial do cantor. As aulas são totalmente voltadas para o aluno com gravações em pro-tools, com especialização em Rock ‘n’ roll, Metal, AOR, Thrash, Blues, Soul, etc.

Mais informações:

Site Oficial – www.leandrocacoilo.com.br
E-mail para contato: leandrocacoilo@hotmail.com

28 de fev de 2016

DEGOLA - Tormenta (CD)


2016
Nacional

Nota 8,5/10,0

Texto: Marcos "Big Daddy" Garcia

Destaques: "Acalmo o Demônio", "Vejo Você no Inferno", "Mais Pesado, Mais Rápido, Mais Agressivo", "Maculado", "Ao Acaso"


Fazer Metal extremo no Brasil é quase uma questão de honra para muitos. Para ser honesto, é um fator que está embutido no DNA do Metal nacional, que não cansa de mostrar bandas novatas de talento. E diretamente do Planalto Central, de Brasília, vem o furioso DEGOLA, rasgando ouvidos e destruindo pescoços com "Tormenta", seu mais recente álbum.

A banda detona um Thrash Metal furioso, brutal e moderno, mas a agressividade do grupo chega a vazar pelos falantes do aparelho de som. É rasgado e furioso, mas bem feito, com uma música que sangra em energia, e mesmo não sendo inovador, tem personalidade. E encara muitas bandas por aí de peito aberto e sem medo.

Degola
Zé Misanthrope (conhecido pelo seu ótimo trabalho com o OMPHALOS) e o próprio DEGOLA produziram o disco. E Zé ainda fez a mixagem e masterização de "Tormenta". Resultado: uma gravação extrema, na cara, mas com aquela clareza necessária para a compreensão do que o quarteto quer fazer com sua música. E o trabalho artístico, tanto para a capa e o encarte, é de primeira.

Só é necessário ter ouvidos bem atentos, pois debaixo de tanta agressividade, existem arranjos muito bons, uma preocupação com a estética sonora de cada instrumento e canção. Aqui, nada é demais, a violência sonora não é gratuita, mas se encaixa muito bem na proposta sonora do quarteto. E as letras em português mostram que a métrica de nossa língua, com os devidos cuidados, pode se encaixar no Metal sem problema algum.

Mesmo "Tormenta" sendo um disco muito equilibrado em termos de composições, a banda se destaca em algumas.

Acalmo o Demônio - Muita agressividade, com elementos de HC dando as caras vez por outra, mais a força opressiva do Thrash Metal de bandas como SEPULTURA e SLAYER, com riffs excelentes. E realmente, ela acalma qualquer demônio, nem que seja na base do tapa!

Vejo Você no Inferno - Veloz e azeda, além de ser recheada por bons vocais gritados. Mas não se iludam, pois existe um trabalho técnico bem pensado aqui, e uma amostra absurda de quão essa base rítmica é fantástica (baixo e bateria estão em grande forma, diga-se de passagem).

Mais Pesado, Mais Rápido, Mais Agressivo - Essa merece o nome que tem, e poderíamos dizer que rotula perfeitamente a proposta do DEGOLA: "Tormenta" é mais pesado, mas rápido e agressivo que seu antecessor, "Corrosão", e vemos nesta canção guitarras abusivamente agressivas.

Maculado - Cheia de mudanças rítmicas, oscila entre momentos mais velozes e outros mais cadenciados. E mais uma vez, baixo e bateria dão uma exibição de gala, mostrando técnica e peso absurdos.

Ao Acaso - Mais uma vez, apesar de ser prioritariamente uma canção veloz, a banda capricha na nas conduções e tempos. Mas quando cismam de cadenciar o som, aí sim mostram um talento ímpar, com guitarras faiscantes, solos melodiosos, baixo e bateria seguros e vocais ótimos. É uma das melhores do CD, sem dúvidas.

O DEGOLA ainda vai rachar o Planalto Central com uma música tão causticante assim, logo, ouçam "Tormenta" sem medo. E usem em um volume que incomode seus vizinhos chatos!





Músicas:

1. Acalmo o Demônio
2. Vejo Você no Inferno
3. Mais Pesado, Mais Rápido, Mais Agressivo
4. Maculado
5. Eu Sou a Peste
6. Aqui o Tempo Todo
7. Tormenta
8. Ao Acaso


Formação:

Flávio Arrais - Vocais
Wa Farias - Guitarras
Malcolm Macgaren - Baixo
Inaldo Ramos - Bateria


Contatos:

CAVERA - Unfit for Rational Consumption (CD)


2016
Independente
Nacional

Nota 8,0/10,0

Texto: Marcos "Big Daddy" Garcia

Destaques: "Creatures", "Controlled by the Hands", "Little General", "Seven", "Time to Die", "More Lies"


Cada vez mais, as bandas de Metal do Brasil andam abrindo os braços para novas possibilidades dentro dos estilos pré-existentes. E isso vai criando possibilidades e ampliando fronteiras já existentes. E um exemplo muito bom é do quarteto CAVERA, vindo de Carlos Barbosa (RS), e que mostram um trabalho muito bom em "Unfit for Rational Consumption".

Podemos dizer que a banda trabalha em cima de uma fórmula não convencional de Thrash/Groove Metal muito pesada, e personalizada. Mas muitos experimentalismos vão dando as caras, deixando o trabalho com uma sonoridade bem diferente dos clichês que ouvimos por aí. É pesado, intenso, cheio de energia e bom gosto, mas experimental, grudento e agradável.

Cavera
"Unfit for Rational Consumption" foi produzido por Ernani Tavares e co-produzido pelo quarteto. Óbvio que a sonoridade ficou abrasiva e pesada, com aquela sujeira densa e gordurosa que as vertentes que usam de Groove buscam ter, mas sem atrapalhar o entendimento do que a banda está fazendo. Não ficou perfeita, mas está muito boa. E o trabalho de capa e encarte, junto com a diagramação, estão muito bons, um atrativo a mais para o ouvinte (e que foge do padrão preto-branco-cinza-cores extremamente escuras).

Dinamismo, tempos quebrados, mudanças abruptas de andamento, elementos surgindo do nada, tudo em um "caos organizado" muito atraente e bem feito. E digamos de passagem que a ousadia do grupo fica evidente em arranjos musicais que encaixam perfeitamente, mesmo não aparentando.

O disco tem um bom nível em termos de músicas, mas abaixo, os destaques da obra.

Creatures - Muito Groove, cheia de guitarras agressivas e um andamentos muito bons, mas com algumas mudanças de ritmo muito interessantes. Destaque óbvio para baixo e bateria, que estão formando uma base sólida e pesada no meio de tantas variações.

Controlled by the Hands - O início é pesado, azedo e denso. E apesar de alguns momentos mais experimentais, é uma das canções mais simples e agressivas do CD, apresentando guitarras em riffs ótimos.

Little General - Uma canção bem cheia de mudanças rítmicas, vocais agressivos contrastando com outros mais melodiosos. Mas é interessante olhar a dinâmica das guitarras mais uma vez. 

Seven - A oscilação entre o caos experimental e o peso é interessante, algo que bandas mais modernas como SYSTEM OF A DAWN usam bastante, um contraste insano, mas agradável aos ouvidos.

Time to Die - Outra que tem muita agressividade entremeada com partes experimentais, fazendo as percepções mais simplórias entrarem em colapso. E que belo trabalho de baixo e bateria uma vez mais.

More Lies - Bruta, explosiva, mas com uma envoltória melodiosa e bem feita, lembrando um pouco o METALLICA da época do "... And Justice for All", mas logo toques experimentais aderem às canções, com vocais estranhos que, após nos acostumarmos, ficam muito bons.

O CAVERA ainda pode evoluir bastante, tem potencial para se tornar um ótimo nome do cenário. Mas o que eles oferecem em "Unfit for Rational Consumption" é realmente muito bom.




Músicas:

1. Collision
2. Creatures
3. Mental Killer
4. Controlled by the Hands
5. Little General
6. Glistening Lips
7. Seven
8. Snuff Box
9. Time to Die
10. Calhordas
11.  Unnamed Pills
12.  More Lies
13.  La Strega Rossa/Senza Cura


Banda:

Rodrigo Rossi - Vocais, guitarras
Catiano Alves da Silva - Guitarras, backing vocal
Leandro Mantovani - Baixo, backing vocal
Emerson Luiz dos Santos - bateria


Contatos:

DRAGONFORCE - In the Line of Fire... Larger Than Life (CD+DVD)


2016
Nacional

Nota: 10,0/10,0

Texto: Marcos "Big Daddy" Garcia

Destaques: "Fury of the Storm", "Three Hammers", "Seasons", "Cry Thunder", "Through the Fire and Flames", "Valley of the Damned", "Defenders".


Poucas vezes o Metal teve uma banda tão divisora de opiniões como o sexteto bretão DRAGONFORCE. Sim, pois é mesmo caso extremo de amor ou ódio, com louvores e críticas. Não há meio termos com eles, embora ninguém possa negar: a banda tem uma qualidade musical excelente. E apostando nisso, a Shinigami Records colocou o pacote CD + DVD "In the Line of Fire... Larger Than Life" no mercado nacional.

O grupo realmente é o que se propõe a ser: um sexto de Extreme Power Metal, ou seja, temos o bom e velho Power Metal com uma roupagem personalizada, com blast beats em vários momentos, backing vocals extremos, muitas vezes em uma velocidade alucinante, outras em momentos mais lentos, mas sempre pesado, técnico, bem acabado e diferente de tudo que já foi feito. Isso ninguém, detrator ou fã, pode negar. E por ser um registro ao vivo (gravado durante a tour promocional de "Maximum Overload", em 18/10/2014, no Loud Park Festival, Saitama Super Arena, no Japão), vemos uma banda que vai muito bem ao vivo, verdade seja dita. 

A produção sonora tanto do CD quanto do DVD é excelente. Sonoramente, você percebe claramente que é um show ao vivo, sem muitos recursos (como pré-gravações), e soa claro, nítido, mas com peso. Em termos de vídeo, os takes de câmera são ótimos, mostrando a banda em vários ângulos, sem deixar de exibir cada um dos seis integrantes da banda, e sem privilegiar os patrões Sam e Herman. E pelas tomadas do público, o local estava abarrotado. Há um mini-documentário sobre a produção do DVD em estúdio, com Herman e Damien Rainaud, chamado "The Right Mix".

Sobre a banda em si, não há muito que ser dito: todos estão muito bem, cada um deles tocando o seu melhor e com boa postura de palco. Sam Totman e Herman Li são uma dupla e tanto de guitarras, ao passo que o veterano Frédéric Leclercq no baixo e o novato Gee Anzalone na bateria (seu primeiro registro com o sexteto) formam uma base rítmica sólida e de dar inveja em muitos grupos, em termos de peso e técnica. O veterano Vadim Pruzhanov mostra-se muito bem, usando tanto seu teclado fixo como outro para se juntar a linha de frente do DRAGONFORCE. Marc Hudson é um ótimo vocalista, mas deveria deixar de dar tantos gritos agudos como faz em "Fury of the Storm", que não existem na versão original, pois isso destoa.

DragonForce
No DVD, entre partes do show, temos alguns mini-documentários com os músicos. E são muito legais, como ver Sam jogando e falando sobre fliperamas usando uma camisa do BATHORY (para quem ainda não sabe, ele era guitarrista/vocalista do finado grupo Neozelandês de Black Metal DEMONIAC, por onde Herman também passou), Frédéric  a casa dele tocando guitarras em formatos engraçados (a do célebre personagem japonês Doraemon é muito divertida). E é possível acessá-los também pelo menu.

O show no CD e no DVD são basicamente a mesma coisa, diferindo que no CD, temos a música "Defenders". No DVD, os extras mencionados abaixo.

A lista de músicas do show é ótima. Óbvio que alguns clássicos acabaram ficando de foram, como "Operation Ground and Pound" e "My Spirit Will Go On", e lembro o leitor que a prevalência do material de "Maximum Overload" se dá pelo fato de ser a tour promocional do mesmo. Mas ao ver a banda tocando algumas canções marcantes como "Black Winter Night", "Cry Thunder", "Through the Fire and Flames" e a clássica "Valley of the Damned" (eu fiquei observando as sessões de solos só para ver se eram fiéis ao que se ouve no estúdio, uma velha curiosidade), é impossível não se curvar ao talento e bom gosto do grupo. E como emociona ao ver o sexteto vir à frente do palco após o show, cumprimentar e agradecer ao público.

Como disse acima, amem ou odeiem, mas não neguem: o DRAGONFORCE é um nome de peso dentro do cenário mundial, e merece aplausos.

Tá esperando o que? Corra atrás da sua cópia logo de uma vez!!!!



Músicas:

CD:

1. Fury of the Storm 
2. Three Hammers 
3. Black Winter Night 
4. Tomorrow's Kings 
5. Seasons 
6. Symphony of the Night 
7. Cry Thunder 
8. Ring of Fire 
9. Through the Fire and Flames 
10. Valley of the Damned 
11. Defenders (faixa bônus do CD)

DVD (extras):

1. Tokyo Party  
2. Sam Off Tour  
3. Fred - Life in France  
4. Gee's Drums Journey  
5. Japan Show Day  
6. Behind the World Tour Part 1  
7. Marc's Inspirations  
8. Behind the World Tour Part 2  
9. The Crew  
10. Vadim Back Home  
11. Herman's Time Off  
12. Marc's Tokyo Adventure  
13. Fred Loves Japan  
13. The Right Mix


Banda:

Marc Hudson - Vocais 
Sam Totman - Guitarras, backing vocals
Herman Li - Guitarras, backing vocals
Vadim Pruzhanov - Teclados, backing vocals
Frédéric Leclercq - Baixo, vocais agressivos 
Gee Anzalone - Bateria


Contatos:


25 de fev de 2016

MINISTÉRIO DA DISCÓRDIA: mais informações sobre o novo DVD





Faltando pouco para a finalização do primeiro DVD, o MINISTÉRIO DA DISCÓRDIA libera mais informações sobre o material.

Já intitulado “Por Bares e Becos”, o show foi gravado em Osasco no ano passado, no Mineiro Bar. A apresentação conta com músicas do primeiro álbum da banda, autointitulado, e faixas novas, que ainda não foram lançadas. Confira o Tracklist:

1. Abrace a Discórdia (nova)
2. Jornada
3. Abismo (nova)
4. Paraíso do Terror
5. Malditos Sejam Todos
6. Orquídea Negra (nova)
7. Amém
8. Supremo Concílio (nova)
9. Neandertal
10. Ministério da Discórdia

Recentemente, a banda liberou um teaser. Assista:


O DVD ‘Por Bares e Becos’ tem previsão de lançamento para o fim do primeiro semestre deste ano. Já o novo álbum segue sendo produzido. Novidades muito em breve!

Já o primeiro álbum do MINISTÉRIO DA DISCÓRDIA, lançado em 2013 e recebe o título homônimo a banda, está disponível para download gratuito pelo link:



Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

JUNIOR CARELLI: melhor tecladista segundo votação da Roadie Crew




O talentoso tecladista das bandas A.N.I.E. e Noturnall, JUNIOR CARELLI, teve seu trabalho mais uma vez reconhecido pelos leitores da revista Roadie Crew em votação.

O músico ficou no topo do quesito “Melhor Tecladista de Banda Nacional” ficando na frente de lendas como André Matos, Fabio Laguna e Fabio Ribeiro. Seu companheiro de A.N.I.E. e Noturnall Fernando Quesada e seus companheiros de Noturnall Thiago Bianchi, Leo Mancini e Aquiles Priester também entraram em suas respectivas listas de melhores.

O disco do Noturnall, ‘Back To Fuck You Up!’, também ficou entre os mais votados da revista. O resultado completo da votação pode ser conferido na edição #205, fevereiro/2016.

JUNIOR CARELLI acaba de voltar dos EUA onde estava se apresentado no Cruzeiro Axes and Anchors tocando com Mike Orlando no Sonic Stomp e com o projeto Randy Rhoads Remembered com guitarristas do naipe de Bumblefoot, Marzi Montazeri, Brian Tichy e o grande baixista do DIO, Rudy Sarzo!

Conheça mais do trabalho de JUNIOR CARELLI pelo link: www.juniorcarelli.com


Fonte: Metal Media